Mulher Maravilha das cores

Olhos de chumbo, ou de maçã

Mas não de qualquer chumbo,

Do chumbo em nuvens negras

Que molham e alimentam.

Com a desconfiança que reina

Diante da tua potência titânica de natureza

Amamentas no peito, coração amarelo

Que explode em longas pétalas vermelhas

Pelo chumbo dos olhos

Impresso no peito.

Pela melancolia-memória

A pele inflama

Pelas brigas de deuses em nós

Pela rainha vermelha e pelo rei verde

De pedra sabão

(que guardas no inverso)

Pele inflamada

Pela boca, pelos pés, pelas mãos

no risco sem cor

Nos braços do amor

No imenso cabelo

Cabelo belo.

Como cabelo

Como cabe-lo?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s